Eleita 2ª melhor ilha do continente, Boipeba atrai por sossego e beleza

Visitantes votaram na ilha baiana através do site de viagens TripAdvisor. Ambergris Caye, em Belize, no Caribe, levou o título de melhor do mundo.

Por Lílian Marques, G1 BA

18/05/2018 06h00 Atualizado 18/05/2018 06h00

http://g1.globo.com/bahia/noticia/2013/03/eleita-2-melhor-ilha-do-continente-boipeba-atrai-por-sossego-e-beleza.html

Moreré é uma das praias de Boipeba (Foto: Gabriel Carvalho / Divulgação Setur)

O site de viagens TripAdvisor divulgou uma lista com o nome das melhores ilhas do mundo, na opinião dos visitantes do local. Boipeba, que fica no arquipélago de Tinharé, no baixo sul da Bahia, foi a segunda colocada na lista da América do Sul, atrás apenas da Ilha de Páscoa, no Chile. 


A ilha baiana é um dos principais destinos turísticos do arquipélago de Tinharé e fica na região conhecida como Costa do Dendê, que abriga ilhas não menos famosas, como Morro de São Paulo, por exemplo.


As águas claras e quentes de Boipeba, além da tranquilidade do lugar e presença da natureza, fazem de lá um local ainda quase intocado. Durante o dia, entre as opções de lazer, estão trilhas, passeios a praias como Moreré, Garapuá e Tassimirim, e mergulho em piscinas naturais. A culinária também se destaca; as moquecas, segundo os comerciantes da região, são as mais pedidas.


À noite, a ilha fica mais deserta. A sensação, às vezes, é de estar em um lugar não habitado. Mas, ao chegar na praça, onde fica a vila dos nativos, o movimento começa a aumentar. Mesmo assim, as alternativas para diversão ficam restritas aos restaurantes. As festas, normalmente, acontecem sem aviso prévio. Sorte de quem estiver por lá.


O jornalista baiano Carlos Prates, 25 anos, escolheu Boipeba como destino em uma viagem com amigos há quase três anos, quando passaram quatro dias na ilha.


"Boipeba é um local para quem curte paraísos naturais, de praias bonitas. Durante o dia, existem várias opções de passeios, a pé, a cavalo ou de lancha. Fiz o de lancha e recomendo. Neste passeio, fui a uns quatro lugares ao redor da ilha. A primeira parada é em alto mar, em uma piscina natural, onde podemos ver vários peixes. Um barco fica atracado neste local vendendo cerveja", disse.


Ele ressaltou ainda os bares e restaurantes à beira-mar. "Durante o passeio, os turistas podem almoçar em restaurante à beira-mar, simples, com comida de qualidade. Boipeba não tem vida noturna agitada. De noite, a opção é somente ir pra vila da e ficar em algum barzinho ou restaurante.

Existem várias pousadas com preços acessíveis e com bons serviços. É uma boa opção para quem procura um passeio mais tranquilo, fora da vida agitada das grandes cidades", destacou.

O bancário Marcos Vinícius, 29 anos, que é de Salvador, mas mora na cidade baiana de Cruz das Almas, escolheu o lugar como um dos destinos da viagem de férias este ano. Ele afirma que a opção foi feita após recomendações de amigos e de pesquisas. Marcos Vinícius vai passar um final de semana em Boipeba, ao lado da noiva.

"Gosto de região de praia. Sempre ouvi falar da beleza e da tranquilidade de lá, gerou curiosidade de conhecer. Escolhemos devido à paisagem, à tranquilidade, foi mais por causa da beleza. Pesquisei bastante pela internet, tive indicação de alguns amigos", afirmou.


Em Boipeba, há opção de hospedagem na vila, que é mais barata, perto da praia, ou de frente ao mar. Os preços variam de acordo com as instalações oferecidas e com o período. Algumas pousadas não têm televisão, com a proposta de oferecer mais tranquilidade ao visitante. Internet e celular também não são tão fáceis, o sinal é fraco. 


O bancário conta que preferiu não antecipar a programação do que fazer na ilha - ele e a noiva vão escolher os passeios quando chegarem ao local. "Vamos programar na hora. Ouvi dizer que é muito tranquila [a ilha], que de noite não tem muito o que fazer, pode ser restaurante, barzinho, algo assim", disse.


De gringo a 'local'

O norte-americano Charles Levitan, 58 anos, conheceu a ilha de Boipeba em 2001. Depois de visitar o local algumas vezes, ele resolveu comprar uma casa para ir aos finais de semana, mas o projeto cresceu e Charles acabou se mudando de vez para Boipeba e abrindo uma pousada. Hoje, mora perto do negócio e nem pensa em sair da ilha. "Escolhi porque queria um lugar mais tranquilo, afastado. Gostei das pessoas, era coisa do interior misturado com praia", disse.


Ele veio à Bahia pela primeira vez no início da década de 1980 para concluir os estudos da pós-graduação que fazia nos Estados Unidos sobre a relação entre a cultura brasileira e baiana com a educação. Formado em matemática e administração, após concluir o curso, Charles Levitan decidiu morar e trabalhar em Salvador.


No tempo em que residiu na capital baiana, ele diz que conheceu quase todas as praias da costa brasileira e que a ilha foi uma das últimas a resistir ao crescimento por conta do apelo ao turismo. Para ele, esse aspecto deve contar na escolha do destino como um dos melhores para viajar. "É um lugar, um dos poucos, que têm difícil acesso, o que freia o fluxo de turismo, tem praias bonitas, selvagens e não destruídas". O estrangeiro tem receio de que que o turismo de massa, sem planejamento social e ambiental, pode destruir as praias de Boipeba.


"A divulgação vai aumentar o turismo predatório. Aqui tem uma cultura intacta, que prevalece. O que faz Boipeba legal não são só as praias, são as pessoas. O importante é que as pessoas visitem e respeitem, para a cultura não ser destruída. É bom que, quem escolha vir para Boipeba, não venha só para festa, para desfrutar sem dar algo para a ilha. É preciso trabalhar isso. Vem muita lancha para cá, o que tem destruído os corais. Tem que ter um programa de controle ambienta", afirmou.


Ranking

A ilha Ambergris Caye, em Belize, no Caribe, foi considerada por turistas do mundo todo a melhor do planeta para se viajar. O levantamento foi feito com base na qualidade e na quantidade de comentários e avaliações postados no site da TripAdvisor sobre hotéis, restaurantes e atrações em cada ilha. O material foi coletado nos últimos 12 meses. Mais de cem ilhas entraram na lista final, contando os rankings mundial e por regiões (África, Ásia, Caribe, Europa, América do Sul, Pacífico Sul e Estados Unidos).

© Todos os Direitos Reservados - Prefeitura de Cairu

Acompanhe as novidades